Ceará

Bares e restaurantes do Ceará terão prazo de 120 dias para oferecer cardápio em braille

Os bares, restaurantes e hotéis do Ceará, terão o prazo máximo de 120 dias para oferecer cardápios, menus e tabelas de preços em braille, com o intuito de atender às necessidades dos deficientes visuais.
A lei 16.712 que estabelece o disposto, foi sancionada pelo governador Camilo Santana, na última quarta-feira (26), e publicada no Diário Oficial do Estado do Ceará (DOE).
Conforme o texto, considera-se como cardápios, menus e outros informativos, com sendo respectivamente, o encarte  folders e folhetins, que contenham o rol de produtos oferecidos aos clientes do estabelecimento, tais como, nome do prato, ingredientes usados no preparo, relação de bebidas e preços, além de outras informações necessárias.
A lei de autoria do deputado estadual Capitão Wagner (PROS) entrou em vigor na data de sua publicação.
Diário do Nordeste

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.