Esporte

Morre Niki Lauda, grande nome da Fórmula 1

Além de colecionar títulos na Fórmula 1, sendo tricampeão mundial, o austríaco era presidente Conselho de Supervisão da equipe da Mercedes na Fórmula 1 desde setembro de 2012
Morreu nesta segunda, 20, o austríaco Niki Lauda, aos 70 anos. Tricampeão mundial da Fórmula 1, ele foi o único piloto campeão pela Ferrari e McLaren, sendo considerado uma lenda da principal categoria automobilística do mundo. As primeiras informações dão conta que ele teve falência renal e faleceu ao lado da família. 
"Com profunda tristeza, anunciamos que nosso amado Niki morreu pacificamente com sua família na segunda-feira, 20 de maio de 2019. Suas realizações únicas como atleta e empreendedor são e permanecerão inesquecíveis; seu incansável entusiasmo pela ação, sua franqueza e sua coragem permanecem um modelo e uma referência para todos nós. Era um marido amoroso e atencioso, pai e avô longe do público, que sentirá sua falta", diz o e-mail assinado com a família de Lauda.
No início do ano, o ex-piloto foi acometido por uma gripe forte, após fazer um transplante de pulmão e também vinha fazendo hemodiálise. Lauda ainda havia feito transplantes de rim em 1997 e em 2005.
Além de colecionar títulos na Fórmula 1, sendo tricampeão mundial, o austríaco era presidente Conselho de Supervisão da equipe da Mercedes na Fórmula 1 desde setembro de 2012.
O POVO Online

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.