Ceará

Imprensa é barrada em quase toda entrega do título de cidadã a Michelle Bolsonaro; 1ª dama faltou

A ministra Damares Alves, sem falar com a imprensa, representou a primeira-dama. Jornalistas só tiveram acesso aos momentos finais da solenidade
A primeira-dama Michelle Bolsonaro não compareceu à solenidade de entrega do título de cidadã fortalezense, na tarde desta segunda-feira, 24. Ela foi representada pela titular do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, que realiza visita ao Estado. A ministra não falou com a imprensa. O evento acontece no Colégio Militar de Fortaleza (CMF).
O acesso da imprensa à cerimônia só foi liberado quando a solenidade já estava perto do fim. Os repórteres do O POVO, do jornal O Estado e do Sistema Verdes Mares (SVM) foram barrados na entrada do colégio e liberados depois de uma hora de espera. Apenas a TV Câmara teve acesso à íntegra do evento.
O título de cidadã fortalezense é concedido pela Câmara Municipal de Fortaleza (CMF). O projeto foi encabeçado pela vereadora Priscila Costa. A ausência da primeira-dama foi justificada por “problemas de ordem pessoal”. Na véspera da homenagem, a vinda a Fortaleza já não tinha sido confirmada.
Acesso da imprensa
A reportagem do O POVO apurou que houve uma orientação do Ministério para que não fosse liberada a entrada da imprensa local na solenidade. A assessoria do Ministério primeiro disse que o evento não era de responsabilidade da pasta e, por isso, não poderia facilitar a entrada dos repórteres. O acesso só foi liberado após cerca de uma hora de espera das equipes.
Luana Barros, O Povo online

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.