Ceará

Acordo garante transferência de ursos Dimas e Kátia de zoológico no CE para santuário em SP

Justiça havia determinado em junho a transferência dos animais para o interior paulista, mas cabia recurso. Caso recorresse, zoo enfrentaria uma ação de R$ 100 mil de indenização por dano ambiental. Partes chegaram a acordo e preparo para receber ursos teve início.
Um acordo na Justiça garantiu que os os ursos Dimas e Kátia sejam transferidos do zoológico de São Francisco de Canindé, no Ceará, para o santuário de animais Rancho dos Gnomos em Joanópolis, no interior de São Paulo.
Justiça havia determinado em junho a transferência dos animais para o interior paulista, mas o zoológico poderia recorrer da decisão. Caso recorresse, ele enfrentaria uma ação da associação Viva Bicho, responsável por solicitar a transferência, que pedia R$ 100 mil de indenização por dano ambiental.
As partes chegaram a um acordo para um termo de cessão dos animais. Ainda não há definição de data para a transferência, nem como será feito o transporte deles (leia mais abaixo). No dia 4 de junho, antes da determinação da Justiça, houve uma primeira tentativa de conciliação, que terminou sem acordo.
"A outra parte entendeu que seria melhor para os animais a transferência. Todos agora estão se mobilizando para que estes animais sejam transportados o quanto antes para o rancho", disse a advogada Tiziane Machado, da associação Viva Bicho.
Preparos
Idealizadores e gestores do Rancho dos Gnomos, Marcos e Silvia Pompeu, contam que deram início à parte operacional para receber Dimas e Kátia.
“O recinto para os irmãos ursos já está pronto, foi construído por meio de doações feitas ao Instituto Luísa Mell, e repassadas para essa construção de 1,9 metros quadrados, piscina com capacidade para 80 mil litros de água, cambiamentos, decks, área de descanso, área de alimentação e amplo espaço de área gramada”, explica Marcos.
A forma como será feito o transporte dos ursos ainda não foi definida. No caso de Rowena, ela foi transportada em uma cabine climatizada por um avião da Força Aérea Brasileira (FAB).
Como não há nada definido com a FAB para a transferência dos ursos, a administração do santuário no interior paulista não descarta a possibilidade de tentar que uma empresa aérea faça o transporte do casal de ursos.
Os exames veterinários que comprovam que os animais estão aptos para serem transferidos serão anexados ao processo e encaminhados para o Ibama, que vai emitir uma guia de transporte autorizado. A partir da emissão do documento, os ursos poderão ser transportados.
Reencontro
O recinto em que Dimas e Kátia vão ficar tem um corredor que interliga com o local em que a irmã deles, Rowena, vive. O reencontro será possível, mas a reaproximação da família será avaliada e monitorada pelos profissionais no novo lar.
Os dois acabaram no zoológico após serem entregues em caráter provisório pelo Ibama diante da situação de maus tratos que enfrentavam em um circo que se apresentava no Ceará. De acordo com o texto da decisão judicial, à época eles chegaram a ter alimentação à base de rapadura e refrigerante.
G1 Vale do Paraíba e Região

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.