Brasil

Conmebol dá detalhes sobre final e elogia Copa América mesmo com polêmicas

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) fez um balanço positivo da Copa América disputada no Brasil, apesar de algumas polêmicas envolvendo delegações estrangeiras e estádios vazios na primeira fase do torneio. O Comitê Organizador, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, exaltou principalmente os números envolvendo a presença de torcedores.
As 24 partidas realizadas reuniram 780 mil pessoas nos estádios, com uma média de 32.678 torcedores, segundo dados oficiais. “Transcorremos a competição sem nenhum incidente e é importante ter um balanço positivo em todos os jogos da competição. Estamos fazendo uma competição que servirá como parâmetro para as demais edições”, afirmou Hugo Figueiredo, diretor de Competições de Seleções da Conmebol.
Entretanto, a Copa América foi marcada por diversos questionamentos. Os gramados foram tema de constantes reclamações, inclusive de estrelas como Messi e Suárez.  Além disso, algumas instalações de treinos também geraram reclamações – o finalista Peru não gostou do que viu na atividade desta sexta-feira no Fluminense. Por fim, sobrou até para a arbitragem e o VAR, que tirou os argentinos do sério na semifinal contra o Brasil na terça-feira, no Mineirão.
Além do balanço, os organizadores também explicaram como será a festa da final de domingo entre Brasil e Peru, no Maracanã. A Cerimônia de Encerramento da Copa América terá 10 minutos de duração, mais de 1.500 pessoas envolvidas, sendo quase 400 pessoas em cena. O evento terá início às 16h35 (de Brasília), com atrações musicais de Anitta e do porto-riquenho Pedro Capó.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.