Brasil

Governo pode limitar saque de contas ativas e inativas do FGTS a R$ 500

O governo estaria estudando limitar o saque das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a R$ 500 neste ano. Independente da quantidade de contas, o trabalhador só poderia sacar no máximo esse valor em cada uma das contas. As informações são do Estadão.
Tal limite foi discutido em uma reunião no Ministério da Economia nesta segunda-feira, 22. O público alvo da medida são as 100 milhões de contas do FGTS. A ideia é permitir que o trabalhador realize o saque no mês de seu aniversário, o que pode entrar em vigor no próximo ano. Caso opte por esta opção, o beneficiado abre mão de resgatar a totalidade do fundo caso seja demitido sem justa causa. Nessa situação, ele continuaria a sacar a parcela dos recursos anualmente até acabar.
O assunto está sendo discutido desde a última quarta-feira, 17, quando foi anunciado que oMinistério da Economia iria permitir o saque de até 35% dos recursos das contas ativas do FGTS. A discussão sobre tema ainda perdura. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que os ajustes necessários ainda estão sendo trabalhados, e o anúncio deve ocorrer ainda nesta semana, na quarta ou Quinta Feira.
O Povo

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.