Ceará

Cândido Albuquerque é empossado como reitor da UFC

O professor Cândido Albuquerque foi oficialmente empossado como reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC) nesta quinta-feira, 22, em Brasília, sucedendo Henry Campos, cujo mandato expirou na última segunda-feira, 19.
Cândido foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro, na segunda, 19. Em sua primeira entrevista no cargo, à rádio O POVO CBN, na terça, 20, o novo reitor disse que não é possível se posicionar sobre o programa federal Future-se por considerar que o projeto ainda está em fase de construção.
"Nós não podemos, agora, ficar contra ou a favor. Nós temos que trabalhar para construir esse projeto e só com ele formatado é que poderemos ter posição com relação a ele", disse Cândido.
Para o novo gestor, o atual momento é difícil por causa dos cortes anunciados pelo Governo Federal. Ele diz acreditar que "o País só vai sair da crise através da universidade" e que, por isso, a instituição não pode ficar afastada da sociedade.
"A defesa da universidade é um ponto que nós não poderemos negociar. Ela é um patrimônio da sociedade, precisa estar mais próxima da sociedade. Vivemos um momento difícil. Cortes estão havendo em todas as áreas e o país só vai sair da crise através da universidade, do saber", reflete.
Cândido também defende investimento na inovação e no empreendedorismo, para que alunos saiam dos cursos aptos para o mercado de trabalho.
No dia 14 de agosto, o então reitor da universidade, Henry Campos, e gestores de outras instituições federais de ensino do Ceará rejeitaram o programa Future-se por meio de nota.
Protesto contra o novo reitor
Alunos, professores e servidores da UFC realizaram protesto na noite dessa terça-feira, 20, contra a nomeação do novo reitor da instituição, Cândido Albuquerque. O ato aconteceu entre as avenidas da Universidade e 13 de Maio, no Benfica.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.