Política

Raimundo do Sindicato não descarta a possibilidade de candidatura por outro partido

Rumores fortes que o líder sindical, Raimundo Carneiro Portela (Raimundo do Sindicato), poderá deixar o Partido dos Trabalhadores e se filiar a outro partido para viabilizar sua disputa por uma vaga na Câmara Municipal de Sobral. Porém, ele ainda não se pronunciou publicamente sobre o assunto.
Raimundo do Sindicato, surgiu na política na eleição de 2012, após obter 1.300 votos, ficando na segunda suplência do partido. Já em 2016, obteve a soma individual de 1.479 votos, mas seu Partido não atingiu o coeficiente eleitoral necessário para garantir uma vaga no legislativo sobralense.
Sem as coligações proporcionais, os partidos precisam formar chapas proporcionais fortes e competitivas para ter melhores condições no pleito eleitoral de 2020. No entanto, seu partido só conseguiu lançar 9 candidatos no pleito de 2016, Emídio Silva (902 votos); Paulo Flor (892 votos); Chiquinho Silva (758 votos); Audino Lopes (332 votos); Kelly Brasil (77 votos); Maria Oliveira (34 votos); Croinha e Luzinete, ambos zeraram nas urnas.
Atualmente, Raimundo do Sindicato segue orientações políticas do deputado federal Leônidas Cristino (PDT), com quem votou na última eleição de deputado, em troca de apoio político na eleição municipal do próximo ano.
Contudo, o presidente do diretório municipal do PT, Paulo Flor, avalia que no momento seu foco tem sido para fortalecer a legenda, para isso, vem realizando as agendas estatutárias de consultas das bases, para a manutenção da vida orgânica do partido. Porém, acredita que dentro do calendário eleitoral vai ser possível apresentar uma chapa competitiva para o eleitorado sobralense. O partido, já lista 12 nomes que serão pré-candidatos. 
Sobre a possibilidade do Raimundo do Sindicato fechar questão e deixar o partido, Paulo Flor, pontua: “A Base do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, orgânica do partido, terá outro candidato em vez dele”. Disse.
Já o Audino Lopes, um dos históricos do partido em Sobral, que também já confirmou sua pré-candidatura, “Não acredita que Raimundo do Sindicato, saia mesmo do PT. No momento são apenas especulação”. Concluiu. 
Por fim, surge a possibilidade do Agricultor, Júlio Marciano, do distrito de Aracatiaçu, sair pré-candidato a vereador para fortalecer a chapa proporcional da sigla e recuperar o espólio eleitoral do ex-vereador Emídio Silva, que abandonou a política.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.