Ceará

Bandidos mortos em confronto com a PM em Guaiúba tinham até arma de guerra

O chefe da quadrilha era Edmilson Xavier da Silva, 24, conhecido como "Lourinho Dragão"
Um arsenal composto por um fuzil, pistolas, revólveres, escopetas de calibre 12 e até uma submetralhadora calibre 380, capaz de efetuar rajadas com até 18 tiros intermitentes, estava em poder de membros da facção Comando Vermelho (CV) que dominava o Município de Guaiúba, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O grupo criminoso foi esfacelado nesta terça-feira (14), numa operação realizada pela Polícia Militar. Houve confronto com mortos e feridos.
Durante o cerco aos bandidos em uma zona de mata, na periferia da cidade, nas margens de uma estrada de terra, três criminosos acabaram mortos. Outros dois foram baleados e presos e o sexto membro do bando foi capturado, horas depois, na cidade de Palmácia (a 87Km de Fortaleza), para onde tinha fugido em meio ao tiroteio em Guaiúba.
De acordo com nota distribuída pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), morreram no confronto com a PM os seguintes suspeitos: Francisco Iranildo Costa da Silva, 24 anos; Antônio Pereira da Silva Filho, 18; e Edmilson Xavier da Silva, 24 anos, o “Lourinho Dragão”, apontado como chefe da quadrilha.
Baleados e presos
Foram baleados e presos, Daniel Rodrigues da Silva, 30 anos; e Antônio Marcos Sales Roque Filho, 18. Horas depopis, foi capturado na cidade de Palmácia, o sexto integrante da quadrilha, identificado por Wéllyson Nogueira Fernandes Gomes, 22, anos, o “Cueca”.
De acordo com o diretor do Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana, delegado Jocel Beserra Dantas, a quadrilha costumava se esconder em matagais para planejar ataques, assassinatos, roubos e outros delitos. Na semana passada, foi deflagrada a operação “Jericó Guaiúba” para prender os bandidos, mas eles conseguiram escapar. Outros 19 criminosos foram detidos.
Fernando Ribeiro

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.