Mundo

Papa admite ter perdido paciência com fiel e pede desculpas pelo mau exemplo

No último dia do ano, Francisco se irritou no Vaticano ao ser puxado por uma fiel e deu tapas na mão da mulher para se soltar
O papa Francisco admitiu nesta quarta-feira (1º) ter perdido a paciência com uma fiel, na Praça de São Pedro, no Vaticano, no último dia do ano.
"Muitas vezes nós perdemos a paciência. Acontece comigo também. Eu me desculpo pelo mau exemplo dado ontem", disse Francisco na primeira missa de 2020.
Na noite desta terça-feira (31), ao passar para cumprimentar fiéis do outro lado de uma grade diante do presépio da Praça de São Pedro, Francisco teve sua mão agarrada e puxada por uma mulher.
O chefe da Igreja Católica, de 83 anos, reagiu bruscamente, exclamou algo e depois bateu duas vezes na mão da mulher, visivelmente incomodado. As imagens viralizaram nas redes sociais.
Papa Francisco leva puxão e dá bronca em fiel
Ele ainda continuou caminhando com alguma dificuldade e aumentou a distância dos visitantes, mas depois relaxou novamente à medida que entrava em contato com outras crianças.
Na primeira missa deste ano, Francisco defendeu que a defesa da paz e a construção de um mundo melhor exigem o respeito pela dignidade das mulheres.

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.