Brasil

Para não sofrer derrota no Congresso, governo pode recuar e elevar salário mínimo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, deve dar sinal verde para elevar o valor do salário mínimo de 2020, garantindo a recomposição da inflação do ano passado. O governo Bolsonaro teme uma derrota no Congresso Nacional, com mais desgaste político
O possível recuo do governo na recomposição do valor do salário mínimo foi tema de reunião do ministro da Economia, Paulo Guedes com sua equipe na volta ao trabalho após um período de férias de fim ano. O custo adicional deve ficar entre R$ 2 bilhões e R$ 3 bilhões.
O governo teme uma derrota política. A avaliação é que, se o governo não fizer o ajuste no salário mínimo para recompor a inflação passada, o próprio Congresso fará na volta dos trabalhos do Legislativo, informa O Estado de S.Paulo.
O salário mínimo foi fixado em R$ 1.039, com alta de 4,1%, abaixo do Índice Nacional de Preços (INPC) de 2019, de 4,48%, que serve como base para correção do salário mínimo. Se for dado o mesmo índice sobre o salário mínimo vigente em 2019, o valor subirá para R$ 1.042,71.
Brasil 247

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Tecnologia do Blogger.